AFINAL, QUEM DEFINE A IDADE IDEAL DE UM GESTOR?

Se você trabalha em uma organização, possivelmente participou ou irá participar de algum processo de seleção, interno ou externo, para um cargo de liderança. Nestes processos, em geral estão especificadas as competências técnicas e comportamentais para o desempenho da função, bem como a formação e pré-requisitos básicos, tais como fluência em algum idioma, desenvoltura no uso de alguma ferramenta de informática e assim por diante.

A faixa etária requerida dificilmente será mencionada por questões legais e éticas: mesmo que haja um parâmetro, não é de bom tom tocar no assunto. Portanto, se, para aquela empresa, a idade esperada para um gestor gira em torno de 40 anos, você não terá acesso a essa informação.

Você poderá participar do processo seletivo e, dependendo do grau de rigidez da empresa com relação a este critério, você poderá simplesmente ser reprovado e nunca saberá o real motivo.

Triste? Injusto? Absurdo? Ilegal? Imoral?

Você pode pensar o que quiser, mas, como dizem por aí, o mundo é injusto.  Não é injusto você ser reprovado no vestibular? Não é injusto você se dar mal numa dinâmica de grupo?

Sim, o mundo corporativo consegue ser muito injusto!

Mas o que faz com que este critério, 35, 45, ou 60 seja válido na minha empresa e não se adapte a outra? Afinal, quem define esse critério?

Não, não existe uma figura que passe o seu tempo na organização determinando com que idade o profissional está pronto para ser um coordenador, um gerente ou um diretor. Mas existem alguns conceitos interessantes que influenciam estes critérios e talvez você nunca tenha parado para refletir sobre eles.

Toda organização pode ser estudada sob o ponto de vista etário, isto é, podemos analisar a distribuição etária dos cargos de uma organização. Através desta análise, é possível verificar o que de fato ocorre naquela organização e responder questões relacionadas à idade mínima, média e máxima de seus profissionais.

Se pensarmos sobre isso, não é difícil imaginar que esta distribuição afete as percepções dos empregados daquela organização...

Imagine que você tem 28 anos e trabalha em uma empresa onde a idade média dos gerentes seja 45 anos. Quando uma nova vaga gerencial é publicada na Intranet, por mais que você se sinta preparado para o desafio, certamente irá imaginar as dificuldades que terá em provar isso a todos os envolvidos.

Isso porque você conhece as normas de idade da sua empresa. De acordo com Barbara Lawrence, professora da UCLA/USA, o papel desempenhado pela idade depende mais das crenças das pessoas sobre a idade do que da idade em si, ou seja, as normas de idade justificam o hábito de se adotar um critério convencionado sem questionamentos, reforçando estereótipos dentro da organização.

Portanto, não se espante com a má notícia, mas a resposta para a pergunta inicial deste artigo possivelmente é: você!

A boa notícia é que você também pode ajudar a mudar isso!

 

 

Fran Winandy, Julho 2015 para o Blog Etarismo

Enquete

Gostou do artigo?

Sim 43 93%
Não 3 7%

Total de votos: 46

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!