Este é um Blog para debates e apresentação de artigos e notícias sobre o Etarismo no contexto profissional. Etarismo é um tema pouco conhecido e  discutido, especialmente no mercado de trabalho brasileiro e, através desta ferramenta, esperamos contribuir para mudar o cenário. A idéia é fazer uma plataforma informal, porém, com dados reais. Em alguns momentos, colocaremos artigos científicos, de fácil assimilação; em outros, notícias e artigos do dia à dia. Contribua também enviando artigos e notícias por e mail!

Por que falar sobre Etarismo?

O termo "ageism" foi cunhado pelo gerontologista Robert Butler (1969) para definir uma forma de intolerância relacionada com a idade, com conotações semelhantes ao "racismo" e "sexismo", direcionada à pessoas idosas. Palmore (1999) , ampliou o uso do termo para preconceito ou discriminação contra ou a favor de um grupo etário.

Nos Estados Unidos o termo vem sendo discutido desde a década de 60 em diversos contextos. Para dar uma idéia, em 1967, o congresso norte americano promulgou o Age Discrimination in Employment Act, para proteger os trabalhadores com idade acima dos 40, passo importante no combate ao etarismo institucional, praticado por instituições ou organizações através de suas políticas e práticas.

A União Europeia introduziu recentemente novas leis contra a discriminação etária no âmbito profissional, ainda que haja certa flexibilidade para que os países membros tenham sua própria legislação relacionada ao tema. Destaca-se desta iniciativa a introdução do assunto para debate, ainda que o consenso pareça distante.

No Brasil, o tema é novo e pouco conhecido, embora as mudanças apontadas pelos recentes levantamentos estatísticos (IBGE, Censo 2010) apontem para transformações significativas em nossa pirâmide etária e, consequentemente dentro de nossas organizações: há um aumento da idade média da força de trabalho e uma diminuição no número de trabalhadores mais jovens.

As variáveis demográficas sugerem oportunidades para profissionais mais velhos no mercado de trabalho brasileiro. Será que nossas empresas estão preparadas para isso?

Notícias

Bate-Bola rápido sobre o Etarismo:

1. O etarismo acontece só com idosos?

Não. O etarismo pode ocorrer em qualquer fase da vida, embora seja mais contundente nesta etapa, quando os estereótipos negativos são mais presentes.

2. Por que o etarismo acontece?

A resposta pode ser longa, mas, em síntese, sua raiz parece estar nos estereótipos, ou generalizações que fazemos. Por exemplo, podemos ter a crença de que pessoas mais velhas têm dificuldades em lidar com tecnologia e assumimos que todos os profissionais mais velhos terão dificuldades em lidar com tecnologia.

3. O etarismo tem o mesmo impacto para homens e mulheres?

Estudos internacionais mostram que o etarismo dificilmente opera de maneira isolada e pode ser especialmente prejudicial para as mulheres.

 

 

 

Enquete

Você já foi vítima de Etarismo no contexto organizacional?

Sim 91 50%
Não 92 50%

Total de votos: 183

Newsletter

Assine a nossa newsletter:

Notícias

Tsuname Prateado: você já ouviu falar?

  Tsuname Prateado 'e o sugestivo nome de uma pesquisa recente feita com 2.242 pessoas pela pela Pipe.Social e Hype60+ que apresenta hábitos de consumo, comportamento e tendências do mercado sênior brasileiro. Além de trazer dados interessantes sobre este público, o mapeamento mostra as...
Leia mais

Etarismo X profecia Autorrealizável

Etarismo é o preconceito de idade, atingindo, com mais força pessoas idosas. Suas raízes estão em estereótipos negativos relacionados ao envelhecimento, especialmente em nossa cultura, que enfatiza a questão do declínio cognitivo frente à idade. Sabemos que o etarismo pode ser prejudicial à...
Leia mais

Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento 2018

Estarei com a professora Darcy Hanashiro no CBTD 2018 ( 28 a 30/11) em Santos, S.P. para apresentar e debater os resultados de uma grande pesquisa sobre o Etarismo nas Organizações, realizada com mais de 5.000 respondentes. Inscreva-se e participe! O debate é o primeiro passo para a mudança!
Leia mais

Sobre Tirar o Time de Campo...

Alguns assuntos são polêmicos. As pessoas evitam falar de temas tabus. Um pequeno beliscão às vezes nos tira da zona de conforto e traz um certo mal humor: nem sempre gostamos do que vemos. Estranha essa época em que, para alguns, envelhecer é algo vergonhoso. Temos que continuar sempre joviais,...
Leia mais

O teto grisalho nas organizações

  Estamos vivendo o que o que os especialistas chamam de “Bônus Demográfico”, que é o período em que a força de trabalho é maior do que o número de pessoas que não produzem. Com o envelhecimento da população e a diminuição nas taxas de natalidade, as projeções apontam para um fato inédito no...
Leia mais

O Viés Inconsciente e o Etarismo nas Organizações

Você já ouviu falar em viés inconsciente? O viés inconsciente é um mecanismo de nosso cérebro que costuma permear nossas atitudes e decisões, julgando os outros sem perceber. Compreender este mecanismo que interfere em nosso processo de decisão pode nos ajudar a fazer escolhas e tirar as barreiras...
Leia mais

1o Fórum de Talentos Grisalhos em São Paulo

Acontecerá em São Paulo, no Auditório da FGV, o 1o Fórum de Talentos Grisalhos, evento inédito onde serão debatidos aspectos relacionados à longevidade das carreiras, valorização dos talentos grisalhos e benefícios das equipes intergeracionais. Palestrantes especializados no assunto apresentarão...
Leia mais

A difícil arte de conciliar gerações dentro das organizações

Gerações diferentes sempre conviveram no ambiente de trabalho, mas nunca foram alvo de tantos debates. A ênfase no assunto talvez esteja relacionada às transformações demográficas brasileiras ou às polêmicas discussões sobre as contas da previdência. O fato é que temos pessoas de várias idades e...
Leia mais

Etarismo e Inovação: faz sentido?

Um dos preconceitos que as pessoas costumam ter com relação as pessoas mais velhas diz respeito à dificuldade de abertura para novas ideias, à inovação. Será que isso procede? Claro que, como todo preconceito, trata-se de um rótulo, mas se ele é recorrente, talvez tenha algum fundamento e você, que...
Leia mais